Avaliação econômica da produção de tilápia (Oreochromis niloticus) em sistema “raceway” - DOI: 10.4025/actascianimsci.v25i1.2040

Paulo César Silva, Sérgio do Nascimento Kronka, Lúcia Helena Sipáuba Tavares, Renato Pinto da Silva Júnior, Valéria Leão Souza

Resumo


Alevinos de tilápia foram criados nas densidades de 90, 120 e 150 peixes em tanques circulares (0,5m³), submetidos a duas trocas totais de água (30 e 60 minutos), no sistema “raceway”. Avaliaram-se os custos, a lucratividade e o desempenho produtivo. A incidência de custo (IC) aumentou com o aumento da densidade de estocagem dos peixes, na troca de água feita em 60 minutos (R$0,98 a R$1,07/kg); a melhor IC foi obtida com 120 peixes/m³ na troca de água em 30 minutos (R$0,90/kg). A renda líquida parcial (RLP) variou de R$11,11 a R$22,65, respectivamente, para a troca de água em 60 minutos/90 peixes e para a troca de água em 30 minutos/120 peixes. A maior RLP foi de R$90,60/m³ por ano, extrapolando-se para duas produções/ano. O melhor desempenho econômico ocorreu no tratamento com 120 peixes/m³ e troca de água em 30 minutos, que apresentou também o melhor desempenho produtivo.

Palavras-chave


alto fluxo de água; custo parcial; lucratividade parcial; Oreochromis niloticus; taxa de lotação

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/actascianimsci.v25i1.2040





ISSN 1806-2636 (impresso) e ISSN 1807-8672 (on-line) e-mail: actaanim@uem.br

 

Resultado de imagem para CC BY