Utilização do composto exaurido de Pleurotus sajor caju em rações de frangos de corte e seus efeitos no desempenho dessas aves - DOI: 10.4025/actascianimsci.v31i2.4811

Raquel Santos Azevedo, Carla Luiza Silva Ávila, Eustáquio Souza Dias, Antônio Gilberto Bertechini, Rosane Freitas Schwan

Resumo


Avaliou-se a adição dietética de um composto exaurido da produção do cogumelo Pleurotus sajor caju sobre o desempenho de frangos de corte nos períodos de um a 21, 22 a 38 e um a 38 dias de idade. Foram utilizados 500 pintos de um dia Ross-308, machos, em delineamento inteiramente casualizado, com cinco tratamentos, obtidos pelos níveis do composto na ração (0; 0,5; 1,0; 1,5 e 2,0%) com quatro repetições de 20 aves cada. Foram avaliados ganho de peso, consumo de ração, conversão alimentar, rendimento de carcaça, gordura abdominal e altura das microvilosidades do intestino. A adição do composto não influenciou no consumo da ração e na conversão alimentar. Para o ganho de peso houve efeito positivo somente na fase inicial (um a 21 dias), sendo o valor máximo obtido com a adição de 0,67% do composto. A adição do composto não alterou o rendimento de carcaça e gordura abdominal, porém, alterou a altura das microvilosidades do intestino. A adição de composto exaurido da produção do fungo Pleurotus sajor caju, na concentração de 0,67%, melhora o ganho de peso dos frangos nos primeiros 21 dias de idade

Palavras-chave


aditivos; conversão alimentar; fungos medicinais; ganho de peso; nutrição

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/actascianimsci.v31i2.4811





ISSN 1806-2636 (impresso) e ISSN 1807-8672 (on-line) e-mail: actaanim@uem.br

 

Resultado de imagem para CC BY