Massa seca e composição bromatológica de quatro espécies de braquiárias semeadas na linha ou a lanço, em consórcio com milho no sistema plantio direto na palha - doi: 10.4025/actascianimsci.v32i2.8498

Cristiano Magalhães Pariz, Marcelo Andreotti, Mariana Vieira Azenha, Antonio Fernando Bergamaschine, Luiz Malcolm Mano de Mello, Ronaldo Cintra Lima

Resumo


Objetivou-se avaliar a produtividade de massa seca (MS) e a composição bromatológica de quatro espécies de Brachiaria em diferentes formas de semeadura, exclusivamente ou em consórcio com a cultura do milho, sob sistema plantio direto na palha. O experimento foi conduzido no ano de 2006, na FEPE, pertencente à FE/Unesp - Campus de Ilha Solteira, localizada no município de Selvíria, Estado do Mato Grosso do Sul. O solo da área experimental foi classificado como Latossolo Vermelho distroférrico. O delineamento experimental foi o de blocos casualizados, em esquema fatorial 4 x 4, com cinco repetições. Os tratamentos constituíram-se de quatro espécies de Brachiaria (B. brizantha cv. Marandu, B. decumbens, B. ruziziensis e capim-mulato II) semeadas em linha e a lanço, de forma exclusiva ou consorciada simultaneamente com a semeadura da cultura do milho. Avaliou-se a produtividade de massa seca e os teores de NDT, PB, FDN, FDA, hemicelulose, celulose, lignina e cinzas da forragem. O consórcio a lanço das forrageiras com a cultura do milho se mostrou viável por apresentar produtividade de massa seca semelhante às modalidades de semeadura exclusiva, inversamente o que ocorreu com o consórcio na linha da cultura do milho, a qual reduziu tal produtividade. A B. ruziziensis apresentou melhor composição bromatológica e os consórcios elevaram os teores de NDT e PB, bem como reduziram os componentes da parede celular.

Palavras-chave


Brachiaria brizantha; Brachiaria decumbens; Brachiaria ruziziensis; capim-mulato II; integração lavoura-pecuária

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/actascianimsci.v32i2.8498





ISSN 1806-2636 (impresso) e ISSN 1807-8672 (on-line) e-mail: actaanim@uem.br

 

Resultado de imagem para CC BY