Avaliação ultraestrutural do colágeno do ligamento colateral medial associado ao ligamento oblíquo da articulação do cotovelo de cão SRD após ensaio de tração - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v27i2.1324

Daniela Oliveira, Silvana Martinez Baraldi Artoni, Antonio Carlos Shimano, Maria Rita Pacheco, Juliana Regina Rossi, Marcos Lania de Araujo

Resumo


O presente trabalho objetivou observar a disposição das fibras colágenas do ligamento colateral medial da articulação do cotovelo do cão, quando associado ao ligamento oblíquo submetido a ensaio de tração. Para tanto, foram utilizadas 18 articulações, divididas em três grupos, em que um grupo teve o ligamento colateral medial coletado e não tracionado, outro teve o ligamento colateral medial testado isoladamente e o outro grupo teve ambos os ligamentos (colateral medial e oblíquo) testados associadamente. O ligamento colateral medial, verificado por meio de microscopia eletrônica de varredura, apresentou um padrão ondulado e reticular das fibras colágenas quando não submetidos ao ensaio de tração, o qual não foi destruído totalmente quando associado ao ligamento oblíquo, após o ensaio. Quando analisado isoladamente, o ligamento colateral medial após ensaio de tração perde totalmente o padrão reticular, demonstrando o desgaste das fibras por resistir à tensão. O ligamento oblíquo, portanto, contribui para a integridade da arquitetura das fibras colágenas do ligamento colateral medial

Palavras-chave


ligamento colateral medial; cotovelo; cão; biomecânica; fibras colágenas

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/actascibiolsci.v27i2.1324





ISSN 1679-9283 (impresso) e ISSN 1807-863X (on-line) e-mail: actabiol@uem.br

 

Resultado de imagem para CC BY