Organização das assembléias de peixes em riachos da bacia do rio Iguatemi, Estado do Mato Grosso do Sul - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v27i2.1350

Yzel Rondon Súarez, Miguel Petrere Junior

Resumo


Como o objetivo de descrever os padrões de organização das comunidades de peixes em riachos da bacia do rio Iguatemi amostramos riachos com redes de espera e de arrasto no período de novembro/1999 a agosto/2000. Coletamos 567 indivíduos distribuídos em 24 espécies. Constatamos influência significativa das características dos riachos sobre a diversidade de espécies. A composição de espécies foi pouco explicada pelas características dos riachos. Verificamos influência significativa da morfologia na distribuição em ocorrência das espécies (Mantel r = -0,34; P = 0,04), mas não na distribuição em sua abundância (Mantel r = -0,21; P = 0,07). Comprovamos através do índice de co-ocorrência (C-score) das espécies que sua composição nos riachos estudados é estocástica

Palavras-chave


ecologia de comunidades; peixes; riachos; bacia do rio Iguatemi

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/actascibiolsci.v27i2.1350





ISSN 1679-9283 (impresso) e ISSN 1807-863X (on-line) e-mail: actabiol@uem.br

 

Resultado de imagem para CC BY