Ocorrência de linhagens de Pseudomonas aeruginosa cloro resistentes em águas de diferentes origens - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v29i3.488

Lilian Vieira de Medeiros, Ulrich Vasconcelos, Glícia Maria Torres Calazans

Resumo


Pseudomonas aeruginosa é conhecida por sua versatilidade metabólica e extrema capacidade de adaptação a diferentes ambientes, inclusive aquáticos. Para desinfecção de águas, o cloro e agentes que contêm cloro continuam sendo os mais usados no mundo. O objetivo deste trabalho foi avaliar a resistência ao cloro de linhagens de P. aeruginosa, isoladas de amostras de águas de diversos ambientes. Foram testados diferentes tempos de contato (1, 5, 10, 20, 30 e 40 minutos) e soluções aquosas de cloro, com concentrações definidas com base na legislação vigente no país para água potável: 0,5; 1,0 e 2,0 ppm. O teste de resistência ao cloro foi desenvolvido por meio da exposição direta das bactérias às soluções. Os resultados revelaram que P. aeruginosa, isoladas de diferentes fontes de água, têm a habilidade de sobreviver a diferentes concentrações de cloro. Na concentração de 1 ppm, a maioria das linhagens não foi inibida. As linhagens mais resistentes ao cloro também apresentaram relação de multirresistência à maioria dos antibióticos testados.

Palavras-chave


Pseudomonas aeruginosa; resistência ao cloro; ambientes aquáticos

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/actascibiolsci.v29i3.488





ISSN 1679-9283 (impresso) e ISSN 1807-863X (on-line) e-mail: actabiol@uem.br

 

Resultado de imagem para CC BY