Determinantes ambientais da ocorrência de espécies de peixes em riachos de cabeceira da bacia do rio Ivinhema, alto rio Paraná - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v29i2.520

Yzel Rondon Súarez, Sabrina Bigatão Valério, Karina Keyla Tondato, Lidiane Queli Lubas Ximenes, Thiago Rota Alves Felipe

Resumo


Com o objetivo de quantificar a importância de algumas características fisiográficas dos riachos sobre a ocorrência de quatro espécies de Characidae em riachos de cabeceira na bacia do rio Ivinhema, realizaram-se amostragens bimestrais em dez riachos com uso de telas de isca, com esforço amostral padronizado. A influência das variáveis ambientais sobre a ocorrência das espécies de peixes foi quantificada utilizando-se do modelo da análise de regressão logística. Constatou-se que a velocidade da correnteza foi o principal fator limitante da ocorrência de Serrapinnus notomelas, Hemigrammus marginatus e Moenkhausia sanctaefilomenae, enquanto a profundidade dos riachos foi o principal determinante da ocorrência de Bryconamericus stramineus. Assim, as primeiras espécies ocorrem predominantemente em locais com baixa velocidade da correnteza, enquanto B. stramineus ocorre principalmente em locais com pouca profundidade e com elevada velocidade da correnteza, sugerindo que as características fisiográficas dos habitat sejam importantes determinantes da colonização e persistência das espécies. Palavras-chave: distribuição espacial, peixes de riachos, bacia do rio Ivinhema.

Palavras-chave


distribuição espacial; peixes de riachos; bacia do rio Ivinhema

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/actascibiolsci.v29i2.520





ISSN 1679-9283 (impresso) e ISSN 1807-863X (on-line) e-mail: actabiol@uem.br

 

Resultado de imagem para CC BY