Efeito da estratégia de vida sobre as variações no conteúdo de energia de duas espécies de peixes (Brycon hilarii e Hypophthalmus edentatus), durante o ciclo reprodutivo - DOI: 10.4025/actascibiolsci.v29i2.521

Vanessa Monteiro, Evanilde Benedito, Wladimir Marques Domingues

Resumo


Com o objetivo de investigar diferenças no conteúdo de energia durante o ciclo reprodutivo, foram selecionados 54 exemplares de Brycon hilarii (k-estrategista) e 82 de Hypophthalmus edentatus (r-estrategista) em amostragens realizadas mensalmente, entre outubro de 2000 e março de 2004, no reservatório de Manso, Estado do Mato Grosso do Norte e em sua área de influência. Determinou-se, para cada indivíduo, o conteúdo calórico, em kcal g-1 de peso seco, com auxílio da bomba calorimétrica (Parr 1261) e, realizaram-se comparações entre os valores calóricos obtidos, o fator de condição (K) e a relação gonadossomática. Observou-se que, em geral, os valores médios de K e do conteúdo calórico foram superiores nos machos das duas espécies analisadas, embora não tenham sido identificadas diferenças significativas entre os sexos. Constatou-se que os valores calóricos de H. edentatus foram superiores aos de B. hilarii, enquanto os valores do fator de condição foram contrários, apresentando-se superiores para B. hilarii. Diferenças significativas foram constatadas nas comparações realizadas entre o conteúdo energético e o fator de condição, de indivíduos de ambas as espécies. Enquanto B. hilarii apresentou as mais elevadas concentrações de energia nos músculos, durante o máximo desenvolvimento gonadal, em H. edentatus, isso ocorreuquando iniciava o processo de maturação gonadal. Os resultados descritos para cada espécie durante o ciclo reprodutivo permitem confirmar a hipótese de que as duas espécies de peixes, B. hilarii e H. edentatus, com diferentes estratégias de vida, acumulam e mobilizam energia de forma distinta durante o período de maturação gonadal.

Palavras-chave


Brycon hilarii; Hypophthalmus edentatus; energia; reprodução; reservatório de Manso

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/actascibiolsci.v29i2.521





ISSN 1679-9283 (impresso) e ISSN 1807-863X (on-line) e-mail: actabiol@uem.br

 

Resultado de imagem para CC BY