O diabo na vida de um santo: uma análise complementar da autobiografia de Valério do Bierzo - doi: 10.4025/actascieduc.v34i1.16339

Leila Rodrigues da Silva

Resumo


Este texto se vincula às questões analisadas no âmbito do projeto financiado pelo CNPq, intitulado “Aspectos das relações de poder na Vita Sancti Aemiliani, na Vita Sancti Fructuosi e na autobiografia de Valério do Bierzo: cristianização e reorganização eclesiástica no reino visigodo do século VII”. Dentre outros pressupostos, tal pesquisa se pauta no reconhecimento de que as autoridades eclesiásticas em princípios da Idade Média atuaram visando à promoção de um amplo projeto pedagógico, ao qual se associavam a normatização e a instrução de laicos e clérigos. Nesse processo, a literatura hagiográfica assumiu lugar de destaque. Considerando de natureza hagiográfica a autobiografia escrita por Valério de Bierzo, pretende-se, à luz das reflexões historiográficas sobre a atividade eclesiástica na península hispânica nos séculos VI e VII, discutir o papel assumido pelo diabo em tal relato, ora mais acentuadamente expressão de um topos literário, ora interlocutor da conjuntura específica do autor.

 


Palavras-chave


Valério of Bierzo; hagiography; devil

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/actascieduc.v34i1.16339



ISSN 2178-5198 (impresso) e ISSN 2178-5201 (on-line) e-mail: actaeduc@uem.br