EDUCAÇÃO AMBIENTAL ATRAVÉS DO COMPARTILHAMENTO DE VÍDEOS NA INTERNET

Vanderlei Lopes Mori Junior

Resumo


Com o aumento da degradação do meio ambiente, muitas espécies de animais são afetadas correndo riscos de extinção. Desde século passado busca-se uma forma de harmonia entre os seres humanos e o meio ambiente. Com o avanço da tecnologia se desenvolveram diversas formas de comunicação incluindo internet e o meio audiovisual. A presença da internet hoje em dia é muito grande, todos podem ter acessos por meio de tablets, celulares, computadores e muito mais. E uma das plataformas que mais está em alta é o YouYube, com milhões de canais com diferentes conteúdos com qualidades caseiras ou profissionais. Visando essa plataforma o objetivo do trabalho foi a divulgação cientifica através do YouTube no intuído de atingir o Maximo de pessoas possíveis.


Palavras-chave


YouTube, Conservação, Tecnologia.

Texto completo:

PDF (baixado

Referências


ARIZA, Leidy Gabriela Ariza; SCHMIDT, Ângela Adriane Bersch; LIMA, Eliane Piske. Tecnologias Digitais: A Educação a Distância e a Educação Ambiental. TED: Tecné, Episteme y Didaxis, 2017.

ALLEN, George E.; BUREN, William F. Microsporidan and fungal diseases of Solenopsis invicta Buren in Brazil. Journal of the New York Entomological Society, p. 125-130, 1974.

ALVES-MAZZOTTI, Alda Judith. Usos e abusos dos estudos de casa. Cadernos de Pesquisa. São Paulo , v. 36, n. 129, p. 637-651, Dec. 2006 .

BARBOSA, Abraão Ribeiro et al. Contribuição ao estudo parasitológico de jibóias, Boa constrictor constrictor Linnaeus, 1758, em cativeiro. Revista de biologia e ciências da terra, v. 6, n. 2, p. 1-18, 2006.

BOTTENTUIT JUNIOR, J. B.; COUTINHO, C. P. Desenvolvimento de Vídeos Educativos com o Windows Movie Maker e o YouTube: Uma Experiência no Ensino Superior. In VIII LUSOCOM: Comunicação, Espaço Global e Lusofonia. Lisboa: Universidade Lusófona de Humanidades e Tecnologias. p. 1052–1070. 14 e 15 de Abril 2009.

BORGES-NOJOSA, Diva Maria; CASCON, P. Herpetofauna da área reserva da serra das Almas, Ceará. Análise das Variações da Biodiversidade do Bioma Caatinga: suporte a estratégias regionais de conservação. Brasília: Ministério do Meio Ambiente (MMA), p. 243-258, 2005.

BOX, Melinda C. Qualitative and Quantitative Evaluation of Three Types of Student- Generated Videos as Instructional Support in Organic Chemistry Laboratories. Journal of Chemical Education. 2016.

BUZATTO, Bruno Alves et al. Biologia reprodutiva do opilião Acutisoma proximum (Arachnida: Opiliones): estrategias alternativas de acasalamento em machos e cuidado parental em femeas. 2008.

BLASCO, S. et al. The helminthfauna of Oryctolagus cuniculus (Linnaeus, 1758) in the Iberian Peninsula. Faunistic and ecological considerations. Parasite, v. 3, n. 4, p. 327-333, 1996.

BLEIN, Wilfried; FAURIA, Karine; HENAUT, Yan. How does the tarantula Lasiodora parahybana Mello-Leitão, 1917 (Araneae, Theraphosidae) detects its prey?. Rev. Suisse Zool., v. 1, p. 71-78, 1996.

BRASIL. Lei n. 9.795, de 25 de abril de 1999. Dispõe sobre a educação ambiental, institui a Política Nacional de Educação Ambiental e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, DF: 1999.

BRAZIL, Tania Klober; PORTO, Tiago Jordão. Os Escorpiões. Salvador: Editora da Universidade Federal da Bahia. 50 p. 2010.

CARVALHO, Laís de Jesus; GUIMARÃES, Carmen Regina Parisotto. TECNOLOGIA: UM RECURSO FACILITADOR DO ENSINO DE CIÊNCIAS E BIOLOGIA. Encontro Internacional de Formação de Professores e Fórum Permanente de Inovação Educacional, v. 9, n. 1, 2016.

CORDEIRO, José Carlos Santos. Relato de Experiência do Projeto de Trabalho Educação Ambiental com a reciclagem de sucatas na construção de jogos e brinquedos. 2017.

CONANT, Roger; COLLINS, Joseph T. A field guide to reptiles & amphibians: eastern and central North America. Houghton Mifflin Harcourt, 1998.

CHAVES, Edidácio Araújo. Blog e educação ambiental: uma experiência junto a estudantes do Ensino Médio. 2017.

CHIALE, Maria Cecilia; PAGANO, Luis Gerardo. A case of partial leucism in American barn owl (Tyto furcata)(Temminck, 1827) from Buenos Aires province, Argentina. Revista Brasileira de Ornitologia-Brazilian Journal of Ornithology, v. 22, n. 3, p. 307-310, 2014.

CROMPTON, Helen. Moving toward a mobile learning landscape: presenting a mlearning integration framework. Interactive Technology and Smart Education, v. 14, n. 2, 2017.

DANTAS, Murielle Magda Medeiros. A importância da educação ambiental no amplo escolar. Cadernos de Agroecologia – ISSN 2236-7934 – Vol 10, Nº 3 de 2015.

DE GRASSE TYSON, Neil; FERGUSON, James. The cosmic perspective. Natural History, v. 116, n. 3, p. 22, 2007.

DE REGISTROS ORNITOLÓGICOS, CBRO-Comitê Brasileiro. Listas das aves do Brasil. 9ª Edição, 2010.

FERNANDES, Adriana Hoffmann; MONTEIRO, Aline; SOARES, Maria da Conceição Silva. O cinema e a educação-as redes de significações e subjetividades tecidas nas/com as práticas e pesquisas. ETD-Educação Temática Digital, v. 19, n. 2, p. 307-315, 2017.

FERNANDES, Berenice MM et al. First report of the digenetic trematode Psilochasmus oxyurus (Creplin) in the domestic goose, Anser anser (Linnaeus) in South America. Revista Brasileira de Zoologia, v. 24, n. 2, p. 520-522, 2007.

FISCHER, R.M.B. Docência, cinema e televisão: questões sobre formação ética e estética. Revista Brasileira de Educação [online], v. 14, n. 40, p. 93‑102, 2009.

GRINBERG, Keila; ALMEIDA, Anita. Detetives do passado no mundo do futuro: divulgação científica, ensino de História e internet. Revista História Hoje, v. 1, n. 1, p. 315-326, 2017.

DIVAN, Aysha; MASON, Sam. A programme-wide training framework to facilitate scientific communication skills development amongst biological sciences Masters students. Journal of Further and Higher Education, v. 40, n. 4, p. 543-567, 2016.

HERCULANO, S. Do desenvolvimento (in)suportável à sociedade feliz. In: GOLDEMBERG, M. (Org.). Ecologia, ciência e política. Rio de Janeiro: Revan, 1992.

HIGGINS, Linden; GOODNIGHT, Charles. Nephila clavipes females have accelerating dietary requirements. Journal of Arachnology, v. 38, n. 1, p. 150-152, 2010.

HINOJOSA-SÁEZ, A.; VALENZUELA-DELLAROSSA, GUSTAVO; GONZÁLEZ-ACUÑA, DANIEL. Avifauna del barrio universitario de Concepción. Boletín Chileno de Ornitología, v. 13, p. 42-46, 2007.

JACOBI, Pedro et al. Educação ambiental, cidadania e sustentabilidade. Cadernos de pesquisa, v. 118, n. 3, p. 189-205, 2003.

JAFFÉ, Rodolfo et al. Caution, webs in the way! Possible functions of silk stabilimenta in Gasteracantha cancriformis (Araneae, Araneidae). Journal of Arachnology, v. 34, n. 2, p. 448-455, 2006.

JEHLE, ROBERT et al. Lizards as prey of arthropods: Praying Mantis Mantis religiosa (LINNAEUS, 1758) feeds on juvenile Sand Lizard Lacerta agilis LINNAEUS, 1758. Herpetozoa, v. 9, n. 3/4, p. 157-159, 1996.

KHAN, Muhammad Asghar. Impact of Development of Technology on Education: Key Micro and Macro Economies of Australia. Pakistan Journal of Engineering, Technology & Science, v. 6, n. 1, 2017.

LAURICELLA, Alexis R. The “New” Technology Environment: The Role of Content and Context on Learning and Development from Mobile Media. Media Exposure During Infancy and EarlyChildhood. Evaston. 2017.

LIMA, Gabriela Garcia. A conservação da fauna e da flora silvestres no Brasil: a questão do tráfico ilegal de plantas e animais silvestres e o desenvolvimento sustentável. Revista Jurídica. Brasília, v. 9, n. 86, p.134-150, ago./set., 2007.

MARANDINO, Martha et al. A educação não formal e a divulgação científica: o que pensa quem faz. Atas do IV Encontro Nacional de Pesquisa em Ensino de Ciências, 2004.

MATTAR, João. YouTube na educação: o uso de vídeos em EaD. São Paulo: Universidade Anhembi Morumbi, 2009.

MARTINS, Marcio; OLIVEIRA, M. Ermelinda. Natural history of snakes in forests of the Manaus region, Central Amazonia, Brazil. Herpetological Natural History, v. 6, n. 2, p. 78-150, 1998.

NETO, João Pereira; TEIXEIRA, Ricardo Roberto Plaza. ENSINO E DIVULGAÇÃO DE ASTRONOMIA E DE COSMOLOGIA POR MEIO DO USO DE RECURSOS AUDIOVISUAIS. Revista Interdisciplinar de Tecnologias e Educação, v. 2, n. 1, 2017.

OLIVEIRA, B.J. Cinema e imaginário científico. História, Ciências, Saude‑Manguinho., Rio de Janeiro, v. 13, (suplemento), p. 133‑50, out. 2006.

PETRIS, Marcos Roberts; SEHNEN, Ivo. A Importância da Educação Ambiental. Maiêutica - Curso de Ciências Biológicas. v.01, n.01, Jul./Dez. 2012.

QUINTELA, Fernando Marques; LOEBMANN, Daniel; GIANUCA, Norton Mattos. Répteis continentais do município de Rio Grande, Rio Grande do Sul, Brasil. Biociências, v. 14, n. 2, p. 180-188, 2006.

RODRIGUES, Karyne Aparecida Mioduski; FRANCISCO, Antonio Carlos de. RECURSOS TECNOLÓGICOS PARA A SENSIBILIZAÇÃO DE TEMAS DA EDUCAÇÃO AMBIENTAL. Revista Educação & Tecnologia, n. 13, 2017.

RAIZER, Josué et al. Diversity and composition of the spider fauna of Mato Grosso do Sul, Brazil. Iheringia. Série Zoologia, v. 107, 2017.

READ, J. L. Subhabitat variability: a key to the high reptile diversity in chenopod shrublands. Austral Ecology, v. 20, n. 4, p. 494-501, 1995.

RUEDA, Laura; BENITEZ, Jose; BRAOJOS, Jessica. From traditional education technologies to student satisfaction in Management education: A theory of the role of social media applications. Information & Management, 2017.

SILVA, Nathália Fernandes; CASTRO, Bruno Ferreira Cesario. A INFLUÊNCIA DOS YOUTUBERS NA TOMADA DE DECISÃO DOS ESPECTADORES DE CINEMA: Um estudo de caso Marvel e DC. e-Revista Facitec, v. 1, n. 13, 2017.

SCHNEIDER, Catiúcia Klug; CAETANO, Lélia; RIBEIRO, Luis Otoni Meireles. Análise de vídeos educacionais no YouTube: caracteres e legibilidade. RENOTE, v. 10, n. 1, 2012.

VERASZTO, Estéfano Vizconde et al. Tecnologia: buscando uma definição para o conceito. Prisma. com, n. 7, 2017.

VIANA, Virgílio M; PINHEIRO, Leandro A. F. V. A conservação da biodiversidade em fragmentos florestais. Série Técnica IPEF v. 12, n. 32 p.25-42, dezembro de 1998.

YOUTUBE, www.youtube.com/c/avidacomoumbiologo, acesso em 29 de Outubro de 2017.




DOI: http://dx.doi.org/10.4025/arqmudi.v1i1.40322

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ISSN: 1980-959X