O zoneamento, conflitos e recategorização do parque municipal da lagoa do Peri, Florianópolis/SC - doi: 10.4025/bolgeogr.v30i1.11542

Regiane Mara Sbroglia, Ângela da Veiga Beltrame

Resumo


Neste trabalho pretendeu-se analisar o zoneamento atual do Parque Municipal da Lagoa do Peri, criado em 1981. Para identificar os diversos conflitos disseminados ao longo dos anos, foram usados levantamentos bibliográficos e cartográficos, confecção de mapas, além da realização de entrevistas com os agentes envolvidos. A ocupação irregular é o principal conflito identificado no Parque, dificultando sua implementação efetiva e gestão. Em relação ao enquadramento em uma das categorias do SNUC (Sistema Nacional de Unidades de Conservação), as categorias citadas durante a pesquisa foram Parque Nacional, Monumento Natural e Área de Proteção Ambiental. Com a recategorização, os órgãos competentes pretendem adequar o zoneamento na nova categoria e construir o Plano de Manejo de forma participativa, devendo atender aos objetivos de sua criação, minimizar os conflitos e facilitar a elaboração de estratégias de gestão em uma perspectiva socioambiental equilibrada.


Palavras-chave


Zoneamento; Conflitos; Recategorização

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/bolgeogr.v30i1.11542



ISSN 2176-4786 (on-line) e-mail: dge-boletim@uem.br