Indústria química, de produtos farmacêuticos e material plástico: impactos na região metropolitana de Londrina-PR - doi: 10.4025/bolgeogr.v30i3.13025

Claudio Roberto Bragueto, Fabiane Bacon Riujim

Resumo


O artigo tem como principal objetivo verificar o processo de desenvolvimento da indústria química, de produtos farmacêuticos e material plástico na Região Metropolitana de Londrina, em especial a partir do ano de 1992. Foram utilizados dois principais indicadores: número de estabelecimentos e pessoal ocupado conforme a classificação das indústrias em subsetores do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) e classificação mais detalhadas da CNAE (Classificação Nacional de Atividades Econômicas). Os dados foram coletados na RAIS (Relação Anual de Informações Sociais) do Ministério do Trabalho e Emprego. Chegou-se à conclusão que este ramo industrial apresentou crescimento importante nos últimos dezoito anos na região e que se apresenta  concentrado, tanto espacialmente (na cidade de Londrina e nas cidades de seu entorno), quanto concentrado em poucas empresas de maior porte. Outra característica é a centralização do capital que implicou em processos de aquisição e fusões de capitais na maior parte das indústrias de maior importância.

 


Palavras-chave


Geografia industrial; Industrialização; Reestruturação produtiva; Região metropolitana de Londrina

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/bolgeogr.v30i3.13025



ISSN 2176-4786 (on-line) e-mail: dge-boletim@uem.br