URBANIZAÇÃO E FRAGILIDADE A PROCESSOS EROSIVOS NA CIDADE DE MARECHAL CÂNDIDO RONDON - PARANÁ

Greicy Jhenifer Tiz, José Edézio da Cunha

Resumo


A erosão hídrica pluvial é um processo geomorfológico natural de retirada, transporte e deposição de materiais do solo, que pode ser intensificado pelas atividades antrópicas agropecuárias e urbanas. Nessa compreensão, estudos sobre a fragilidadea processos erosivos são importantes para o prognóstico e o diagnóstico do ambiente. Por este motivo, o presente estudo tem por objetivo discutir a fragilidade a processos erosivos nas bacias hidrográficas em que o núcleo urbano de Marechal Cândido Rondon – PR está localizado. O município possui solos de textura argilosa de origem basáltica e predomínio de formas de relevo suaves a onduladas, o que permite relativa estabilidade a processos erosivos. No entanto, com a intensificação do crescimento urbano a partir da década de 1970, ocorreu um aumento da fragilidade a processos erosivos na unidade, devido à impermeabilização e à construção de quadras no formato de tabuleiro de xadrez. O estudo obtido pela caracterização e mapeamento das formas erosivas permitiu identificar as principais causas e consequências da fragilidade a processos erosivos da cidade de Marechal Cândido Rondon - Paraná. 


Palavras-chave


Erosão. Uso do solo. Urbanização.

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/bolgeogr.v32i2.16824



ISSN 2176-4786 (on-line) e-mail: dge-boletim@uem.br