OCORRÊNCIA DE OFICINAS LÍTICAS NA PRAIA MANSA, MATINHOS, LITORAL DO PARANÁ

Elizângela da Veiga Santos, Marcos de Vasconcellos Gernet

Resumo


Oficinas líticas são locais onde populações pré-históricas confeccionavam seus instrumentos e ferramentas de caça, pesca e também coleta. São sítios localizados em rochas suporte fixas ou móveis, cujas evidências de ação humana são conjuntos de sulcos (amoladores/afiadores) e depressões circulares (bacias de polimento), resultantes da fricção de rochas móveis (com areia e água), durante o processo de confecção de artefatos líticos. O trabalho objetivou fazer um levantamento prévio, catalogação e descrição destas estruturas, fornecendo subsídios para uma possível gestão e preservação deste patrimônio. Todas as oficinas, foram localizadas por prospecção visual, previamente limpas com pincel e devidamente norteadas e fotografadas digitalmente, utilizando-se escala de 1 cm. Foram também efetuadas medidas de largura, comprimento e profundidade utilizando-se paquímetro de precisão e trena. Ao todo localizou-se 15 conjuntos de oficinas líticas fixas, totalizando 58 bacias de polimento e 9 amoladores/afiadores. Todas as oficinas encontravam-se a céu aberto e foram confeccionadas sobre granito, rico em quartzo, feldspato e biotita. Vestígios de refugos ou instrumentos não foram localizados. Pela posição das ranhuras produzidas nas rochas base, percebe-se que os movimentos efetuados eram feitos com maior pressão na parte central das oficinas líticas. 


Palavras-chave


Oficinas líticas. Levantamento. Pré-história. Paraná.

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/bolgeogr.v32i2.18675



ISSN 2176-4786 (on-line) e-mail: dge-boletim@uem.br