ANÁLISE DO FLUXO DE VENTO E SEU PAPEL NA DISPERSÃO DE POLUENTES EM PRESIDENTE PRUDENTE - SP

Larissa Piffer Dorigon, Renata dos Santos Cardoso

Resumo


As cidades são consideradas o lugar onde ocorre maior interação entre o homem e a natureza, e constituem a maior transformação da paisagem natural, apresentando diferentes formas de poluição do ar, água, solo e subsolo, incluindo modificações na forma e na estrutura do ambiente urbano. No que se refere à poluição do ar, seu efeito interfere diretamente na qualidade ambiental e afetam principalmente a saúde da população. Desse modo, o conhecimento dos padrões de velocidade e direção do vento no canyon urbano é fundamental para a estimativa do processo de dispersão de poluentes, uma vez que este é influenciado pela presença de edifícios, vegetação e outras características do ambiente urbano. Sendo assim, esse estudo teve como objetivo analisar o fluxo de vento em Presidente Prudente e o seu papel na dispersão de poluentes. Os resultados possibilitaram constatar que a forma urbana, associada à dinâmica térmica no interior do canyon, foi capaz de produzir maiores turbulências no fluxo de vento durante o dia, o que constitui um aspecto favorável na dispersão dos poluentes. No período noturno, com baixa turbulência do ar, a avenida estudada apresentou alto potencial de acumulação de poluentes, devido ao fato de estar situada ao longo da trajetória dos ventos predominantes e condutores da poluição emitida pelos veículos automotores.


Palavras-chave


Clima urbano. Velocidade do vento. Direção do vento. Dispersão de poluentes. Presidente Prudente-SP.

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/bolgeogr.v33i1.22097



ISSN 2176-4786 (on-line) e-mail: dge-boletim@uem.br