ANÁLISE MULTITEMPORAL DA EXPANSÃO TURÍSTICA E OS SEUS REFLEXOS NAS MUDANÇAS DA COBERTURA DO SOLO DO MUNICÍPIO DE BONITO - MS, BRASIL

Caroline Picharillo, Igor Ogashawara

Resumo


A relação entre o ser humano e a natureza pode ser compreendida como um processo dinâmico, responsável pela transformação e organização do espaço geográfico. A atividade turística é um exemplo desse processo, uma vez que é responsável por reorganizar o espaço por meio de processos sociais e econômicos. Entender e analisar a dinâmica turística por meio da mudança na cobertura do solo, e relacionada à arrecadação do Imposto por Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para cada atividade econômica do município de Bonito – MS, Brasil, foi o objetivo principal do presente trabalho. Foram analisadas três datas em que houve a aquisição de imagem de satélite do sensor TM a bordo do Landsat 5, cobrindo um período de 17 anos. As imagens foram escolhidas de acordo com sua data de aquisição, onde buscou-se selecionar datas no período do inverno, devido à baixa interferência da cobertura de nuvens neste período do ano. Foi realizada a classificação da cobertura do solo utilizando as técnicas da classificação híbrida para as três datas, por meio de um Sistema de Informações Geográficas (SIG). As porcentagens de áreas de cada classe foram relacionadas com os dados socioeconômicos por meio de técnicas estatísticas de correlação, assim como foram realizadas análises booleanas para detecção de mudança entre as classificações. Constatou-se que no período analisado a área urbana cresceu aproximadamente 34% e esse crescimento foi altamente correlacionado (0,8673) com o aumento da representatividade do comércio na arrecadação do ICMS que cresceu cerca de mais de 1000% para o mesmo período. Notou-se também um aumento nas áreas classificadas como Vegetação, que pode ser relacionado com o aumento da pressão ambiental, assim como o aumento da arrecadação pelas atividades do setor terciário. Constatou-se também um leve aumento das áreas destinadas à agricultura, devido, principalmente, à recuperação da safra da soja na década de 1990. Portanto, entender a dinâmica dos processos sociais para a reorganização espacial mostrou ser uma importante ferramenta para auxiliar os tomadores de decisão e para uma adequada gestão do território.


Palavras-chave


Organização espacial. Turismo. Cobertura do solo. Classificação híbrida.

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/bolgeogr.v33i2.22340



ISSN 2176-4786 (on-line) e-mail: dge-boletim@uem.br