EXPANSÃO TERRITORIAL URBANA NOS POLOS EDUCACIONAIS DO SEMIÁRIDO PARAIBANO

Francilaine Nóbrega de Lima, Janaína Barbosa da Silva, Thaís Mara Souza Pereira

Resumo


Baseada nas funções centrais exercidas pelos espaços urbanos, o setor educacional configura-se como um dos principais, potencializando atração de pessoas que necessitam dessa localidade central para exercer suas atividades cotidianas. Dessa forma, os municípios de Campina Grande, Patos, Sousa e Cajazeiras, localizados no estado da Paraíba e compreendidos pelo semiárido paraibano, foram selecionados como área de estudo. Assim, o presente estudo objetivou analisar espaço-temporalmente a expansão territorial urbana dos municípios supracitados. De modo que, a hipótese do estudo é relacionar a expansão territorial urbana com a consolidação de instituições públicas de ensino superior e/ou técnico localizadas nestes municípios. Buscou-se relacionar a presença dos Campi com a expansão urbana verificada nesses municípios, tendo como problemática, a influência dessas instituições sobre a dinâmica de crescimento urbano percebido nesses municípios. Para tanto, mapeou-se as áreas urbanas centrais e quantificou-se a extensão dessas para cada município através das imagens de satélite tratadas e analisadas. Por fim, conclui-se que os municípios analisados exercem papel polarizador em relação aos municípios adjacentes. Vale a ressalva que cada núcleo urbano existe uma dinâmica diferenciada, influenciada por diversos fatores, entre eles o número de instituições, sua localização, bem como a instalação no Município. Portanto, a presente pesquisa corrobora a ideia de aceleração e direcionamento da expansão territorial urbana a partir da instalação das instituições públicas de ensino (superior/técnica).


Palavras-chave


Localidades centrais. Geoprocessamento. Sensoriamento Remoto. Espaço urbano. Instituições de ensino.

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/bolgeogr.v35i2.27072



ISSN 2176-4786 (on-line) e-mail: dge-boletim@uem.br