EVOLUÇÃO PEDOLÓGICA DE UMA SEQUÊNCIA DE SOLOS EM LONDRINA - PR

Tulio Roberto Pavelhão, José Paulo Peccinini Pinese, Francisco Carlos Mainardes da Silva, Luís Guilherme Sachs

Resumo


Desde outubro do ano 2000, 42 famílias de trabalhadores rurais “sem terra” encontram-se assentados numa área de 465,84 ha denominada “Fazenda Akolá”, localizada no município de Londrina-PR. O presente estudo objetivou caracterizar a evolução pedológica numa topossequência para possibilitar inferências utilizáveis no seu manejo racional. Assim, foram escolhidos quatro perfis pedológicos, posicionados no topo do morro e nos terços superior, médio e inferior da vertente, respectivamente identificados por P1, P2, P3 e P4. Os óxidos de Si, Fe e Al foram determinados por ataque sulfúrico, os argilominerais foram identificados por difratometria de raios X e a os minerais da fração areia fina por microscopia óptica. A mineralogia da fração argila dos solos estudados revelou-se bastante similar, com predomínio de caulinita, seguido de gibbsita e raros cristais de clorita e/ou vermiculita dioctaedral (aluminosa), além de quartzo. As fotomicrografias da fração areia muito fina, por sua vez, mostraram no geral, um predomínio de minerais opacos (magnetita, ilmenita, hematita/maghemita e goethita), raros grãos de quartzo detrítico, anatásio, zircão, turmalina e argilominerais, com ou sem impregnação de óxidos/hidróxidos de ferro. Os índices de intemperismo (Ki e Kr) e o teor de ferro extraído pelo ditionito de sódio revelaram que a evolução pedogenética dos solos é crescente no sentido jusante a montante (P4→P3→P2→P1) e decrescente em profundidade. Também evidenciaram que os índices de intemperismo estão mais correlacionados com a quantidade do que com a variabilidade dos minerais encontrados na fração argila, e que os solos estudados estão sofrendo predominantemente o processo de dessilicatização em relação ao da ressilicatização. A presença de quartzo na fração argila e quartzo detrítico na fração areia sugere que o material de origem dos solos teve contribuições de outras formações geológicas.


Palavras-chave


Caulinita. Areia. Intemperismo.

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/bolgeogr.v34i2.29349



ISSN 2176-4786 (on-line) e-mail: dge-boletim@uem.br