USO DO MÉTODO DELPHI PARA MENSURAR A DEGRADAÇÃO AMBIENTAL EM BACIAS HIDROGRÁFICAS URBANAS: O CASO DO CÓRREGO CHAFARIZ, ALFENAS - MG, BRASIL

Gustavo José de Melo Lopes, Clibson Alves dos Santos

Resumo


O processo de urbanização observado no Brasil é marcado pela falta de planejamento, causando alterações nos ambientes, principalmente nos canais fluviais, que funcionam basicamente para o lançamento de águas pluviais. As alterações interferem na dinâmica fluviais e pluvial, além de causar ou intensificar eventos hidrológicos extremos, com as enchentes. O presente estudo visa analisar os processos de degradação da bacia hidrográfica do córrego do Chafariz na área urbana de Alfenas – MG, localizado no sul de Minas Gerais, através da identificação do índice de degradação (ID), utilizando 17 parâmetros classificados quantitativamente através do método Delphi. A área de estudo foi dividida em três subáreas: área urbana consolidada (A), área urbana em expansão (B) e área rural (C). Os resultados apontaram que a área urbana consolidada apresentou o ID mais elevado. Porém, nos demais trechos foram observados problemas decorrentes das alterações antrópicas. Identificou-se ainda, a intensidade dos tipos de degradação que ocorrem em cada subárea. Os dados obtidos e as propostas indicadas no presente estudo, podem auxiliar o poder pública na definição de prioridades de recuperação, nas discussões sobre o uso e ocupação do solo urbano, bem como na definição de diretrizes políticas que estruturam o ordenamento territorial no município.


Palavras-chave


Degradação ambiental. Bacias hidrográficas urbanas. Método Delphi. Geoprocessamento.

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/bolgeogr.v35i2.30624



ISSN 2176-4786 (on-line) e-mail: dge-boletim@uem.br