GEOMORFOLOGIA E EDUCAÇÃO AMBIENTAL: PROPOSTAS CAMINHOS E PRÁTICAS

Guilherme Alves de Oliveira, Eloiza Cristiane Torres

Resumo


O presente trabalho busca apresentar meios acerca da transversalidade entre a Geomorfologia como Ciência e a Educação Ambiental como recurso pedagógico elencando aplicações metodológicas e práticas tendo como público alvo os alunos do ensino superior e fundamental. Como artifício de uma proposta que busque a unificação do saber, recorre-se aos meios transdisciplinares como um aparato metodológico que exalte a práxis e o diálogo entre as ciências e, consequentemente a edificação do conhecimento voltado para a aprendizagem atrelado aos conceitos da Educação Ambiental. Utilizando-se de recursos como oficinas e maquetes fora conotada uma extensa gama de aplicações e fundamentação de teorias expressas de maneira funcional e didática conduzindo aos conceitos para fundamentação do saber. A estrutura e realização das propostas pedagógicas aqui apresentadas explicitaram além dos resultados funcionais, a capacitação da estruturação teórica, a práxis e a funcionalidade do conhecimento acerca da Geomorfologia e seus componentes de análise, exacerbando assim a aprendizagem como matriz desta prática educacional.


Palavras-chave


Geomorfologia. Educação Ambiental. Transdisciplinaridade. Práxis.

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/bolgeogr.v33i0.31929



ISSN 2176-4786 (on-line) e-mail: dge-boletim@uem.br