O CAMPO TÉRMICO DE PALMAS/TO EM EPISÓDIOS DE PRIMAVERA-VERÃO E DE OUTONO-INVERNO: SUBSÍDIO AO PLANEJAMENTO URBANO

Thyago Phellip França Freitas

Resumo


As cidades planejadas do centro-oeste brasileiro são consideradas ex nihilo, sendo estas Brasília, Goiânia e Palmas. Palmas, capital do estado do Tocantins, teve sua fundação em 20 de maio de 1989, sendo considerada a última capital planejada do século XX. Apesar de ser uma cidade jovem e projetada, a mesma sofre continuamente ações de desordem urbana, como acúmulo de lixo, vazios urbanos, supressão da vegetação e desrespeito ao uso do solo. Isso pode ocasionar mudanças microclimáticas na cidade, havendo, portanto, a necessidade de se investigar como o campo térmico da cidade se comporta, por meio do canal termodinâmico do sistema clima urbano. Neste trabalho, a inter-relação do campo térmico com a cidade foi realizada em um recorte temporal que envolveu os períodos chuvoso e seco, compreendidos, respectivamente, por amostras dos meses de fevereiro-março e agosto-setembro. A metodologia utilizada para atingir os objetivos envolveu a realização de coleta de dados de temperatura do ar em pontos fixos e por meio de transectos móveis em vias principais da cidade, utilização de imagens termográficas e de análise rítmica dos períodos selecionados. Parte dos dados coletados foi interpolada por meio do software Arcgis®. Percebeu-se que em alguns pontos da cidade com alta densidade de massa arbórea ocorreu a diminuição da temperatura local. Por outro lado, verificou-se maior aquecimento do ar em outros pontos com falta de vegetação ou com vegetação inapropriada para o sombreamento, com tráfego intenso de veículos em áreas de comércio e serviço, havendo assim um acúmulo de calor nestas áreas. Evidenciou-se que, além da necessidade de instalação de parques lineares em áreas de proteção ambiental da cidade, construindo cinturões verdes que visem à diminuição da temperatura na cidade, deve-se pensar na revisão da arborização dentro da malha urbana com o intuito de reduzir o desconforto térmico dos cidadãos.

Palavras-chave


Planejamento Urbano. Clima Urbano. Conforto Térmico.

Texto completo:

PDF (baixado


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/bolgeogr.v35i2.34317



ISSN 2176-4786 (on-line) e-mail: dge-boletim@uem.br