Imagem para capa

Revolução Industrial: considerações sobre o pioneirismo industrial inglês

Elaine Carvalho de Lima, Calisto Rocha de Oliveira Neto

Resumo


A plena constituição do modo de produção capitalista, ao longo da história, ocorreu de modo pioneiro com a emergência da grande indústria inglesa. Sob a liderança do capital industrial a expansão econômica atendia aos anseios dos interesses comerciais e bancários, bem como assegurava a reprodução da classe operária. Assim, a nação inglesa alcança uma posição de liderança no contexto mundial. Este artigo busca analisar a Revolução Industrial britânica e as motivações que a levaram a se tornar hegemônica na constituição do capitalismo industrial. Ademais, alguns fatores foram importantes nesse processo, as estratégias iniciais envolviam uma acumulação primitiva, a qual possibilitou a passagem para um modo de produção capitalista. Além do mais, as estratégias também envolviam certo nível de protecionismo, como foi o caso da indústria têxtil de lã.


Palavras-chave


Revolução Industrial; Economia-Mundo; Capitalismo; Desenvolvimento.

Texto completo:

PDF