Imagem para capa

“Identidade nacional brasileira” versus “identidade negra”: reflexões sobre branqueamento, racismo e construções identitárias

Mariana Panta, Nikolas Pallisser

Resumo


O objetivo deste artigo é analisar os principais fundamentos da construção da “identidade nacional brasileira”, tendo como base a ideologia do branqueamento e o seu impacto sobre as construções identitárias da população negra. Considerando-se a sua acentuada influência na atualidade, busca-se discutir, na perspectiva dos movimentos negros contemporâneos, as motivações para a construção de uma “identidade negra” e seus principais desafios. Para discutir e melhor compreender as temáticas abordadas, este estudo aprofunda-se em obras especificas, a questão da “identidade cultural”, de modo geral, instaura-se sobre a obra Identidade cultural na pós-modernidade, do Stuart Hall; para pensar o tema da “identidade negra”, em particular, o cerne da discussão debruça-se sobre a obra Rediscutindo a mestiçagem no Brasil: Identidade nacional versus identidade negra, do antropólogo Kabengele Munanga. 


Palavras-chave


Identidade Nacional; Identidade Negra; Processos Identitários.

Texto completo:

PDF