Imagem para capa

Usando a análise fatorial para construir e validar um índice de inserção regional sustentável de usinas hidrelétricas

Fátima Ribeiro de Gusmão Furtado, Ricardo Cavalcanti Furtado

Resumo


Este artigo apresenta parte do resultado da pesquisa “Desenvolvimento de ferramenta para monitorar e avaliar a sustentabilidade econômica, social e ambiental dos municípios em áreas de influência de hidrelétricas”, no Brasil, realizada pela UFPE/ FADE em convênio com a CEMIG, no âmbito do programa de P&D da Aneel. A pesquisa teve uma amostra de 40 municípios nas áreas de influência direta de seis hidrelétricas da Cemig, localizadas, em sua maioria, no estado de Minas Gerais, sudeste brasileiro. A partir da amostra, coletou-se um conjunto de dados primários e secundários para a construção de uma matriz com 79 indicadores que cobrem quatro dimensões distintas: qualidade de vida urbana, desenvolvimento econômico, qualidade da gestão pública e qualidade ambiental. Todas as dimensões compõem o Índice de Inserção Regional Sustentável (IIRS). O propósito deste artigo é apresentar a aplicação detalhada do método de Análise Fatorial para a construção do IIRS que é uma ferramenta inédita para avaliar o desempenho das hidrelétricas e da eficácia de programas e políticas públicas locais, permitindo um monitoramento permanente das ações do setor elétrico e da gestão pública para o desenvolvimento sustentável.


Palavras-chave


Análise Fatorial; Inserção Regional Sustentável; Usinas Hidrelétricas; Desenvolvimento Sustentável.

Texto completo:

PDF