Modelos para leigas e religiosas: os livros do pe. Júlio Maria De Lombaerde (1878-1944)

Nadia Maria Guariza

Resumo


O artigo analisa alguns livros do pe. Júlio Maria De Lombaerde, missionário belga que veio ao Brasil em 1902 e, desenvolveu parte dos seus trabalhos na cidade de Manhumirim (MG) até a sua morte em 1944. O padre Júlio Maria escreveu mais de 80 livros, entre estes livros optou-se em investigar os que tratam do marianismo, da Sagrada Família e da vida de religiosas. A finalidade é refletir sobre os papéis femininos nos quadros da Igreja Católica nas primeiras décadas do século XX, tanto das leigas quanto das religiosas. Para tanto, entende-se que as representações sobre o feminino estavam ancoradas na divisão binária dos gêneros, reforçando hierarquias entre homens e mulheres, bem como na concepção de superioridade do sagrado em relação ao profano, estabelecendo assim, hierarquias, também, entre religiosas e leigas.


Palavras-chave


Catolicismo-Gênero-Leigas-Religiosas

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.4025/rbhranpuh.v9i27.31373

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Direitos autorais 2016 Revista Brasileira de História das Religiões