Memória e apropriações da memória: perfis do educador Thales Castanho de Andrade

Fernando Luiz Alexandre

Resumo


O propósito deste trabalho é analisar o processo de construção dos diferentes perfis do educador e escritor de literatura infantojuvenil Thales Castanho de Andrade. O ponto de partida desta pesquisa foi o exame de três volumes encadernados de recortes de jornais da Biblioteca Municipal de Piracicaba “Ricardo Ferraz de Arruda Pinto”, eferidos como pastas – denominação conferida pela biblioteca pública – e relativos à memória do autor. Para verificar os perfis de Thales Castanho de Andrade e de outras personalidades piracicabanas, foram analisados os discursos da imprensa local, recortados na seleção elaborada para a hemeroteca, que continham temas eleitos pelos articulistas como relevantesna formação das facetas que contribuíram para tornar o autor uma referência para a cidade.

 


Palavras-chave


Memória; Literatura Infanto-Juvenil; Imprensa; Educação

Texto completo:

PDF (baixado

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Resultado de imagem para CC BY