Os agrônomos e a construção das políticas para o ensino agrícola no início do Século XX

Marco Arlindo Amorim Melo Nery

Resumo


As discussões sobre a modernização agrícola e a formação de mão de obra especializada, já presentes ao longo do século XIX, ganharam maior destaque com a criação da Sociedade Nacional de Agricultura (SNA), que refletiu a ascensão de uma parcela da elite agrária que buscava mais espaço na cena política e a emergência dos agrônomos como detentores do saber científico voltado para as práticas agrícolas. Os membros da SNA contrapunham-se ao poder da elite agrária paulista, cobrando do governo central a criação de uma política que atendesse aos interesses da entidade. Das tensões entre a SNA e os cafeicultores paulistas foram criados o Ministério da Agricultura, Indústria e Comércio em 1906 e, quatro anos depois, a primeira lei brasileira de ensino agrícola.


Palavras-chave


Agrônomos; agrícola; política agrícola

Texto completo:

PDF (baixado

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Resultado de imagem para CC BY